Apoio:

Crônicas e Fotos

de São Joaquim da Barra

FÁBRICA DE CALÇADO

Em torno de 1910 dois italianos Sr. Ernesto Barbanti que, na atual rua XV em frente à capela São José que seria demolida em 1928, montara a Sapataria Leopoldo e o Sr.Fidelis Rossini que trabalhava em sua casa na mesma rua, para o lado de lá dos trilhos da Estrada de Ferro. 

         Em torno de 1930 o Sr.João dos Santos, montou uma oficina de consertos de calçados, com alguns jovens trabalhando para ele e outras pessoas fazendo o mesmo em sua casa, na mesma rua perto da Casa Paroquial do padre Eugênio. Foi ele um elo entre a fabricação artesanal até então existente e um esboço de fábrica. Logo a seguir os irmãos Mauad, Abrão Zezeta e Nassime fundaram uma fábrica em 30/10/1934.

         Em 1944 os irmãos Nassime e Francisco inauguraram a Fábrica de calçados Georgita, cujas instalações ocupavam os fundos da Loja Mauad, de calçados.  Na mais antiga revista editada em nossa cidade,em 1946, organizada pelo Sr. Francisco Rodrigues, aparecem anúncios das fábricas : “Fábrica de Calçado Georgita” , fundada em 20/07/1944 por Francisco Mauad e Nassime Mauad – Seção Varejo – Loja Mauad –  Telefone 62 – Caixa Postal  2 – Rua XV , 866 e 874    –    “Calçados Rossini”    –    Fabrica-se todo tipo de calçado , sob medida.  Preços módicos – especialista nas afamadas “Botas Rossini”. Praça 7 de setembro,34.    –    "José Tobias, o maioral dos artefatos de couro" : botas, cintos, suspensórios . Com perfeição só as Sandálias Tobias    –   " Fabrica de “Calçados Mauad” fundada em 30/10/1934, padrão de orgulho da industria de São Joaquim, rua Minas Gerais. 765, Caixa Postal ,64 e Telefone 114. A mais bem organizada fábrica de calçados do ramal e do interior do Estado. Em 1947, o senhor Álvaro Sostena abriu uma modesta fábrica e logo tornou-se um dos grandes fabricantes de nossa cidade.

         Na década de 60 os calçados joaquinenses eram vendidos em todo o centro oeste do Brasil.  Nos bares, nos Bancos, nas festas quase sempre a conversa acaba girando em torno de calçados. Somente Franca, nossa vizinha, superava o nosso comércio de couros. Infelizmente não surgiu em São Joaquim um grupo empresarial que desenvolvesse e aprimorasse essa industria, como acabou acontecendo em Franca.  Em 1965 existiam registradas 26 fábricas de calçados. Em 1991 o número fábricas cadastradas era de 40, mas proporcionalmente já não tinham a mesma força econômica de antigamente.

        .  Hoje decorridos quase 20 anos panorama continua o mesmo. Das fábricas de 1965 só duas ainda estão em franca produção a “Calçados Andresa” e a “Joal Calçados Ltda.” .

          Mas se a indústria de couros não tenha havido progressos pontuais o mesmo não aconteceria na área de metalurgia.             

Foto 1937- Funcionários da Fábrica de calçados Georgita.EM PÉ : Edgard Bezerra, Francisco Mauad, Romualdo Rossini- Sentados : a partir do quarto,Valdivino Quirino de Carvalho- Fábio Prócida, Zé Nogueira - Acácio Bezerra e Nassime Mauad.

 

 Foto de 1946-Funcionários do Calçado Mauad-FILA-1-Tomaz Montiani, Benedito da Silva, Gildo Spriguel, Antônio Vilani, Mário Rágio, *Fábio Prócida, Nicolino Deieno, *José Mendes, Nenê Leandro, *José Peres(alemão), Elesbom Faria Barbosa, FILA-2-...?... Arlindo Stavel, Bruno Diamante, Ângelo Benzan, Adelino Leonello, Aldo Leonello, Zoroastro Fagundes, Ataíde dos Santos, Joaquim M. Sampaio (Quinca), Aylton Nunes Carvalho, Abrão Mauad. Fila-3- Zezeta Mauad, João Bernardes, Lafayete Leandro, Horácio Martins,...?..., Fausto Carneiro Rosa, Eusímio Mauad, Antônio Mauad...?... Adelino Dias. Sentados: Iracema Silva, Maria Bonavena, Maria Rosa da Costa, Laurinda dos Santos, Nega, Rita Siscado, Milene Tinti, Aparecida Paneguti.Meninos:Antônio Mota, Sebastião Nunes, Edson Bernardes, Nelinho Pedro Claudinet Mauad e Jorge Martins.

 

Fábrica de Calçados Andresa                         

 

João Vivente dos Santos e sua esposa Maria V.dos Santos Na industria de couros foi o elo entre os consertos de sapatos que ligou o artesanato a um esboço de fábrica                          

 

Foto 1945- Foto de funcionários da “Fabrica de Calçados Mauad”- FILA 1- Nenê Leandro,...?... José Deieno ( Tostão) –* Aristides Trombini – *Teodorico Santos (Sapinho) *Pestana – *Fábio Prócida- Horácio Martins-Alcino Gomes – Valdivino Carvalho. FILA-2-...?... – Lafaiete Leandro -...?...- Nicolino Deieno – *Cera Trombini – Geraldo Mulinari Bruno Diamante -  ...?... – Manoel Guedes – FILA-3-... ?... – Orlando Deieno ( Carinha )-Antônio Vilani *Tufi Barqueti – Aldo Leonello – AdolfoRossini (Briguela ) - *Alceu Trombini – Mário Rágio - ??? - ??? –.. ?.. Fioravanti Delmônico SENTADOS : Nassime Mauad – Francisco Mauad – Abrão Mauad - ??? ??? – Maria Ferreira ( Nega)Deolinda – Rita Siscardo.Não se tem os nomes dos 6 meninos.      

 

Em 1946 a fábrica de “Calçados Mauad” passou a funcionar com máquinas novas e prédio próprio, abrangendo uma área de 582 metros quadrados, localizada na rua Minas, onde hoje está o S.E.M.A.I. Ao lado, duas vistas dessa fábrica.

 

 

 

 

                                                         

                                                                                                                                                           

 

 

                                                                


Voltar