Apoio:

Crônicas e Fotos

de São Joaquim da Barra

NOSSA QUARTA CAPELA – Capela da Lapa ( 1941 – 1977 )

O empreiteiro Filinto , como bom baiano, trouxe para nós da sua terra, a devoção a São Bom Jesus da Lapa.   Na rua São Paulo, bem para lá da casa do senhor Fumagalli, onde raríssimas casas haviam, no quintal da sua casa em 1929 ou 1930, o baiano ergueu um pequeno altar para abrigar seus santos.  Foram aparecendo devotos que se multiplicaram rapidamente, entre eles a famosa Jacinta com suas cabras ou carneiros, que também possuía um altar na rua Minas Gerais , perto da fábrica de calçados do Sr. Zezeta Mauad. Com o passar do tempo entre os devotos apareceu Dona Maria Rosseto de Moraes, da padaria estrela, o Pedrucho, os senhores João Avezum, Antônio Papadópolis, Antônio Guedes. Foram eles que em 1941 fizeram erguer a capela da Lapa. Em 10 de agosto de 1941, após o término da festa da Lapa, com a capela ainda em construção o senhor Antônio Guedes e sua esposa tiveram morte trágica .

      Em 1977 no cadastro da prefeitura aparecem os seguintes dados, relatando a demolição da capelinha da Lapa, ocupando o lugar da mesma, a Praça que hoje existe ao lado do Grupo Adolfo Alfeu Ferrero: “Foram demolidos os seguintes prédios : Igreja, casa do Zelador, barraca para quermesse, construções estas que mediam 401,86 metros quadrados de área construída, com a abertura da Praça Padre Eugênio Dias”.   Padre Eugênio fora pároco em São Joaquim de 1925 a 1947. A praça que leva seu nome foi inaugurada em 30/05/1978. 

       Nesse ano de 2010, um jovem joaquinense, Fernando dos Reis Júnior, escreveu um livro sobre o bairro da Lapa, com o título “Contos e encantos de minha Lapa”    

      Nele aparece com bastante detalhe a história dessa quarta capela de nossa cidade.  

      A terceira capela da cidade está no asilo dos velhos, asilo existente desde 1932.

Praça Padre Eugênio Dias, no centro aparece o marco de sua inauguração em 30 de maio de 1978. Foi erguida no local do Largo onde fora erguida a Capela.

 

Capela da Lapa, por outro ângulo                                        

 

 

Antônio Guedes Silva e sua esposa dona Ana Rosa, falecidos em 1941, Contribuíram para que a Capela fosse Construída.

 

Outra foto da Capela

 

-Capela da Lapa-No ano 2010 o jovem escritor Fernando Antônio Dias dos Reis Júnior Escreveu o livro “Contos e Encantos da minha Lapa”

 

Foto 1945- Capela da Lapa em dia de festa.  Foi demolida em 1977   

 

 Uma bela foto da capela da Lapa construída em 1941

 

 


Voltar