Apoio:

Crônicas e Fotos

de São Joaquim da Barra

UM EMINENTE POLITICO - MAJOR JOSÉ CARDOSO DA SILVA

O major Cardoso foi um eminente político na Comarca de Nuporanga, e a partir de 1904, após ter mudado para São Joaquim, passou a dedicar-se em  minorar os  problemas dessa cidade e contribuir para a realização dos sonhos de seus moradores.

          Comprou as terras da Fazenda São José e Cachoeirinha, mudando mais tarde para a cidade, quando comprou a casa do médico José Esmeraldo de Oliveira com a capelinha ao lado.

          Nasceu em 1856, na fazenda Invernada, casou em 1896  indo morar em Nuporanga, na fazenda Barrinha de sua propriedade. Lá entrou na política, em 1890, quando foi eleito subdelegado.  Em 1891 foi juiz de paz com atribuições judiciárias e mais tarde vereador. Embora amigo íntimo do Coronel Orlando, na ocasião da disputa para ficar com a sede da Comarca, foi um batalhador para trazê-la para nossa cidade, contrariando os desejos do Coronel Orlando que usava toda a sua habilidade politica para trazer a Comarca para a cidade de Orlandia. “Mansueto Ferrari, dessa forma , e os demais vereadores que aprovaram a sua indicação, enfileiraram-se ao lado do coronel Orlando, enquanto o Major José Cardoso da Silva forcejava para levar a Comarca para São Joaquim” ( do livro “Nuporanga, Minha Terra).

          Foi, em nossa cidade, o presidente do diretório do PRP, que fazia oposição ao coronel.  Em 1914 assumiu por uns três meses a prefeitura substituindo o sr. Alfredo José Nogueira. Na ocasião emitiu um decreto dando nome às ruas de S.Joaquim e às suas duas Praças.  Em 1918, quando surgiu um grande desentendimento havido entre a família Junqueira, ele passou a fazer parte do novo partido dissidente o P.R.M.  . 

        Faleceu em 1920, deixando  viúva dona Presciliana com 11 filhos vivos.

        Os jornalistas Mário Barbosa e Durval Correia Rangel no trabalho enviado para concorrer ao concurso no cinqüentenário, contando a história do nosso município, escreveram :” Como se depreende , a descendência do major Cardoso constitui um marco de nobreza da história de S. Joaquim , galho robusto daquele tronco vigoroso que se projetou na famosa paróquia do inesquecível padre Messias de Mello Tavares.”  Essa foi a referência sobre os filhos do Major : Aristides, Assuero. Alcebíades, Antônio, Alcino (chinas) e André, todos nascidos antes do século XX.

Foto do Major José Cardoso da Silva quando solteiro.

 

Sebastião Lage, casado com Anita, filha do major Cardoso, com seu filho Clóvis.  Sebastião foi delegado em 1918, tinha licença para advogar, escrevia nos jornais da cidade, era poeta e orador de palavra fácil. Seu filho tornou-se médico.

 

Foto 1925- Residência do Major, na esquina da Praça 7, no cruzamento das atuais ruas XV e Minas Gerais, bem ao lado da capela onde casou sua neta Jupira Cardoso de Oliveira com o farmacêutico Jerônimo Garcia Falleiros, em 20 de setembro de 1922.

 

Major Cardoso e sua esposa Presciliana Laura Augusta da Conceição Machado, foto do dia do casamento. ( 26 de fevereiro de 1876 ) 

 

  Foto de 1916 – Major Cardoso e sua esposa

 

Foto de 1906 – Sede da fazenda São José. O major Cardoso aparece bem no meio de paletó preto.    

 

Comunicado do falecimento do Major Cardoso, que era distribuído na rua, hábito que perdurou até a década de 70 

 

Jupira de Oliveira Falleiros, em frente da capela São José, do seu avô, Major Cardoso, com seu esposo Jerônimo Garcia Falleiros (20/09/1922)

 

Título de eleitor do Major Cardoso de 1881, do Império.

 

Foto da década de 20--- Família do Major Cardoso em pescaria no rio Sapucaí em sua fazenda.  Na canoa seus filhos : Aristides,André e Alcino, o prefeito Júlio Medeiros de boné e na extremidade, à direita sua esposa, a professora Ruth Guarany de Almeida 

 

                                                                                                          

 

                                                   

 

                              .

 

 

 

                         

 

 

                                                


Voltar